Como a segmentação de tráfego e a intenção dos visitantes podem ajudar você a expandir seus negócios

Você está recebendo tráfego suficiente para o seu site? Seus visitantes se convertem em vendas ou parece que você está deixando dinheiro em cima da mesa? Quando se trata de sucesso, as empresas enfrentam dois desafios principais: chamar a atenção das pessoas e convertê-las em clientes.

Relevância e Intenção

A chave para converter clientes em potencial é a relevância. Seu conteúdo precisa ser o que o público está procurando.

Se eles quiserem informações e ao invés disso, rececer um discurso de venda, você vai perder eles! Aqui é onde as empresas deixam dinheiro na mesa. O conteúdo não atende à intenção por trás da pesquisa, para que os visitantes nunca se tornem clientes.

A intenção pode ser dividida em:

  • Informação
  • Curiosidade
  • Comercial

É essencial entender a intenção de seus visitantes para colocar o conteúdo certo na frente deles e fechar essas transações.

Modelo AIDA

Talvez uma maneira melhor de entender a intenção dos usuários é voltando ao Modelo AIDA. Esse modelo de marketing divide o processo de compra em quatro etapas.

AIDA significa:

  • Atenção
  • Interesse
  • Desejo
  • Ação

Quando o aplicamos ao conteúdo e à intenção, aqui está uma idéia do que temos:

Atenção: incite a curiosidade e traz atenção para os problemas que você pode resolver.
Interesse: fornece ao seu público as informações que eles estão procurando e muito mais.
Desejo: cria um desejo genuíno pelo seu produto com informações detalhadas.
Ação: facilitar a ação dos usuários.

Dica Profissional: Em todas as etapas, lembre-se de entregar a mais. Sempre entregue mais qualidade do que o esperado.

Segmentação de Tráfego e Retargeting

Para que o modelo AIDA funcione e que você atenda às intenções do visitante, a segmentação do tráfego é crucial. Você precisa saber de onde os visitantes vieram, como eles foram parar lá e como você pode enviá-los para as páginas certas.

Com a segmentação de tráfego, você poderá ver de onde vêm seus usuários e usar essas informações para otimizar seu site. Se eles vieram de canais sociais, mecanismos de busca ou diretos, suas intenções são totalmente diferentes e, portanto, deve ser a página para onde eles vão.

As fontes podem dizer muito sobre a intenção dos visitantes.

  • Mecanismos de busca – informação
  • Plataformas sociais – curiosidade
  • Direto – comercial, talvez estágios finais antes da compra

Com a intenção do visitante, você pode direcionar seu tráfego para as páginas certas e garantir que os visitantes sempre obtenham conteúdo relevante.

Você pode aprender muito com seu público-alvo, mapeando o comportamento dele no seu site e segmentando-o. Além disso, depois de descobrir quem mais converte, você pode usar essas informações para atingir um público-alvo semelhante e mais amplo e expandir seus negócios.

O melhor dessa análise é identificar os visitantes com a intenção comercial e otimizar seu processo. Em outras palavras, facilite para eles a compra do seu produto ou serviço com uma clara chamada para a ação (call-to-action).

Se você identificar visitantes anteriores que tinham uma intenção comercial, mas não fecharam a oferta, poderá redirecioná-los novamente com anúncios. Quão fantástico seria redirecionar esse usuário com uma campanha publicitária e convertê-lo imediatamente?